AthosRFId - Ambiente

Nesta seção será apresentado o ambiente de atuação do Athos-RFID e alguns dos seus requisitos.


Figura 1: Ambiente RFID.


A figura 1 apresenta o ambiente do qual o framework participa. Nele estão inseridos todos os dispositivos. Essa solução visa integrar a rede de elementos RFID com os sistemas corporativos, tornando possível o acompanhamento em tempo real de dados como a localização de inventários de produtos.

A ao lado apresenta um ambiente com alguns leitores integrados ao web service através da rede, é nele em que os dados captados pelos leitores são armazenados, provendo uma centralização das informações. A comunicação com web service também é possível pela internet, o que possibilita a consulta e a atualização das informações de qualquer parte do mundo.

O leitor, por si só, não é capaz de se comunicar com o web service, é necessário que haja um elemento que converta as informações advindas do leitor em mensagens SOAP e as repasse para o web service, normalmente o elemento que faz esse procedimento é um computador que se comunica com o leitor por meio de uma interface de comunicação, porém há uma outra possibilidade que é substituir o computador por um dispositivo embarcado. Para isso é necessário que ele possua recursos de comunicação e suporte a sockets, esse dispositivo daria uma mobilidade ainda maior se o seu acesso à rede fosse realizado por acesso sem fio.




Figura 2: Ambiente do framework Athos-RFID.


Na figura 2 é apresentada uma visão geral da aplicabilidade do Athos-RFID. O framework está localizado em uma posição intermediária entre a aplicação do desenvolvedor e os componentes heterogêneos de hardware RFID, encapsulando as atividades de comunicação entre dispositivos e fornecendo, por meio de um web service, acesso seguro às informações transmitidas pelas bases RFID. A aplicação também terá acesso a uma base de dados contendo o histórico de eventos ocorridos de forma clara e simples.
A especificação de Athos-RFID está orientada por alguns requisitos básicos:

- possibilitar a extensão do framework – O Athos-RFID poderá ser estendido ou customizado de acordo com a necessidade do desenvolvedor;

- efetuar comunicação segura entre a base RFID e o servidor – Este requisito visa contemplar a segurança na troca de mensagens entre a base e o centralizador,

- utilizando o protocolo HTTPS (HyperText Transfer Protocol Secure) para a criptografia das mensagens e o DSIG (Digital Signature) [W3C, 1999] para garantir a autenticidade e confiabilidade das mensagens SOAP;

- padronizar o protocolo de comunicação entre a base RFID e o servidor através de uma linguagem independente de plataforma. - A tecnologia web services é uma alternativa à distribuição dos sistemas. Para a padronização de mensagens, foi utilizado o protocolo SOAP que utiliza o formato XML (Extensible Markup Language) [W3C, 2006];

- seguir um padrão de nomenclatura baseado em ontologia RFID. - Objetivando a padronização de termos e conceitos, adotou-se a ontologia baseado no trabalho de [PITZEK, 2005] próprio para RFID. Com isto, no momento de conectar novos componentes, o desenvolvedor terá uma maior facilidade;

- permitir a integração do framework com outras aplicações. – O Athos-RFID possui a flexibilidade para a integração com outras aplicações através do seu centralizador, isto é, pode ser acoplado a outros sistemas ou até a outros frameworks;

- garantir comunicação síncrona e assíncrona entre a base RFID e o servidor. – Apesar de trabalhar com um sistema centralizador de informação, o framework Athos-RFID deve garantir que esta comunicação seja realizada mesmo que a base não esteja conectada ao servidor em um dado momento;

- efetuar o registro de log dos eventos ocorridos nas bases RFID. – Este requisito visa contemplar o armazenamento do histórico de todas as mensagens enviadas para a base e para o centralizador;

- trabalhar apenas com a leitura das tags. – O framework trabalhará apenas com a leitura das informações das tags, não fazendo parte do escopo deste trabalho alterar ou escrever novos dados nas etiquetas RFID;



Qualquer dúvida ou sugestão sobre o projeto: silvio@reconcavotecnologia.org.br ou aziz@reconcavotecnologia.org.br